BEM VINDO A TODOS!

quarta-feira, 16 de março de 2011

AVES DA BÍBLIA

Águias e abutres

Isaías e os salmistas falam da força e do vigor da águia. Ela também era o emblema das legiões romanas. Provavelmente, Mateus tinha isso em mente quando falou das águias que esperavam a queda de Jerusalém (Is 40. 31; Sl 103. 5; Mt 24. 28).

Cegonhas

Alimentam-se principalmente de pequenos animais como serpentes, peixes, ratinhos, minhocas e insetos (Jr 8. 7).

Codornizes

Forneceram carne aos israelitas durante o êxodo, quando da saída do Egito. Duas vezes por ano bandos de codornizes atravessam essa região, migrando para o norte, no verão, e para o sul, no inverso. Cansadas pela longa distância, voam baixo, podendo ser facilmente capturadas (Êxodo 16. 11 – 21; Nm 11. 31 – 35).

Corujas

São predadoras noturnas. Durante a caça, voam silenciosamente e se precipitam subitamente sobre pequenos animais, que são devorados. A Bíblia descreve a coruja como o habitante de lugares desolados e em ruínas (Lv 11. 16; Is 34. 11).

Corvos

Após o dilúvio, Noé soltou um corvo para ver se a terra já estava seca. Em época de fome, os corvos alimentam Elias (Gn 8. 7; 1 Rs 17. 4).

Grous

Grande ave cinzenta, com asas de 2,5 m de envergadura, alimenta-se principalmente de sementes e folhas.

Pardais

Muitas vezes, o termo é usado para significar qualquer pássaro pequeno comestível, mas algumas passagens referem-se especialmente ao pardal. Jesus usou o pardal para mostrar o quanto Deus ama suas criaturas. Se o Senhor Deus cuida até dos pardais mais pequenos, quanto mais cuidará das pessoas (Mt 10.29- 31; Lc 12. 6, 7).

Pavões

Foram importados por Israel no tempo de Salomão e criados como aves ornamentais, condizentes com o esplendor do palácio real (I Rs 10. 22).

Perdizes

O termo inclui três espécies: a perdiz das rochas, a perdiz do deserto e a perdiz preta. Todas eram caçadas, pois sua carne e ovos eram um prato apreciado. A perdiz das rochas esconde-se tão bem que é mais fácil ouvi-la do que vê-la (I Sm 26. 20; Jr 17. 11(.

Pombas e rolas

São as aves mais comuns e importantes da Bíblia. Várias espécies são nativas em Israel e outras aparecem como migratórias no inverno. Os pobres, que não podiam sacrificar ovelhas ou cabras, ofereciam duas rolas que podiam ser compradas nos átrios do templo. Foi uma pomba que trouxe a Noé o primeiro ramo verde depois do dilúvio. José e Maria, que eram pobres, ofereceram duas rolas, ou dois pombinhos, no templo, quando da apresentação de Jesus. Ao ser batizado, o Espírito Santo pousou sobre Jesus em forma de pomba. Jesus expulsou os vendedores de pombas do templo. (Gn 8. 8 -12; Sl 55. 7; Mt 3. 16; 21. 12; Lc 2. 24).


Fonte: Geografia Bíblica - Apostila do Curso - Maria Valda

Venha Estudar Conosco!

Tel para Informação: [21] 3361-2047

Nenhum comentário: